FLAMENGO

Renato fica marcado como o técnico dos 200 milhões pra nada

Disputou três competições e não ganhou nenhuma, mesmo com um time milionário em mãos

29/11/2021 07h03
Por: William Escobar
Fonte: PAPO DE ARENA
Renato Gaúcho perdeu tudo com o Flamengo neste ano (Foto: Denny Cesare/Gazeta Press)
Renato Gaúcho perdeu tudo com o Flamengo neste ano (Foto: Denny Cesare/Gazeta Press)

Sem Copa do Brasil, sem Brasileiro e agora sem Libertadores. Foi assim a mais recente passagem do sem-título Renato Gaúcho pelo Flamengo. Sem a capacidade de organizar um time de jogadores de ponta, ele, tudo indica, deve ser afastado da equipe nas próximas horas.

Sem pressa, a diretoria do Flamengo já pensa no seu substituto para a próxima temporada. Maurício Souza deve ser o interino nas rodadas finais do Brasileiro.

Sem o apoio da torcida e sem ambiente no clube após a perda da Libertadores para o Palmeiras, nesse sábado (27), em Montevidéu, Renato Gaúcho está sem perspectiva, a curto e médio prazo, de assumir a Seleção brasileira, para a qual andou bastante cotado e figurava como nome certo assim que encerrasse o vínculo de Tite com a CBF.

Sem os recursos disponibilizados no Fla, sem um time milionário e sem previsão de quando se dará o recomeço, Renato Gaúcho deve estar sem graça. Sem noção quem apostou que suas bravatas resultariam em mais troféus para o clube.

Numa delas, ao mirar Jorge Jesus, o técnico português que fez o Flamengo dar espetáculos em 2019, ele disse que isso era obrigação para um time que investe 200 milhões no futebol. Podia ter ficado sem essa, Renato.