BRASILEIRÃO

Atlético-MG é derrotado pelo Atlético-GO e perde invencibilidade de 18 jogos

Agora, o Galo se concentra no confronto de quarta-feira contra o Fortaleza, na primeira semifinal da Copa do Brasil

18/10/2021 08h30
Por: William Escobar
Fonte: GAZETA ESPORTIVA
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Líder da classificação e grande candidato ao título, o Atlético-MG viu o fim de uma sequência de 18 jogos invicto no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe do técnico Cuca foi derrotada por 2 a 1 pelo Atlético-GO, no estádio Antonio Accioly, na capital goiana.

Agora, o Galo se concentra no confronto de quarta-feira contra o Fortaleza, na primeira semifinal da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, volta a campo no domingo diante do Cuiabá, no Mineirão. Já o Atlético-GO joga pela competição nacional na segunda-feira, dia 25, contra o Grêmio, novamente em casa.

A partida teve muita emoção e novamente uma participação do VAR polêmica. Ainda no primeiro tempo, o Galo reclamou de um pênalti depois de um toque de mão dentro da área dos donos da casa. O árbitro Raphael Claus chegou a ir ao monitor, mas não considerou o lance uma infração.

Ainda assim, o Galo manteve o domínio territorial em campo e abriu o placar no começo do segundo tempo. Após escanteio batido pela direita, Nathan Silva apareceu na primeira trave, desviou de cabeça e mandou para o fundo da rede.

A festa dos visitantes não durou muito tempo. Aos 21 minutos, Marlon Freitas ganhou bola no campo de ataque, fez passe pela direita da área para Janderson finalizar na saída do goleiro.

No fim, o Atlético-MG tentou intensificar o ritmo, mas acabou castigado com a virada do Atlético-GO. Janderson ficou com sobra pela direita no campo de ataque, bateu rasteiro para dentro da área e encontrou Oliveira na segunda trave. O zagueiro dominou com estilo e mandou paro fundo da rede, dando números finais ao marcador.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 2 x 1 ATLÉTICO-MG

Data: 17 de outubro de 2021

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia

Horário: 18h15 (de Brasília)

Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima (SP);

VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Cartão amarelo: Zé Roberto (AGO)

GOLS:

ATLÉTICO-MG: Nathan Silva, aos 13 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Janderson, aos 19, e Oliveira, aos 35 minutos do segundo tempo.

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Arnaldo (Oliveira), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas (Marlon Freitas), Willian Maranhão e Janderson; André Luís, Zé Roberto (Montenegro) e Ronald (João Paulo)

Técnico: Eduardo Souza.

ATLÉTICO-MG: Everson, Guga (Hyoran), Alonso, Nathan Silva, Arana; Allan, Tchê Tchê (Borrero), Zaracho (Calebe), Nacho, Keno (Sasha) e Hulk.

Técnico: Cuca